VISCOSÍMETRO TIPO COPO FORD DE ALUMÍNIO ACOMPANHA APENAS 1 ORIFÍCIO

VISCOSÍMETRO TIPO COPO FORD DE ALUMÍNIO ACOMPANHA APENAS 1 ORIFÍCIO
Destaque
Código: 7438897

Marca: MYLABOR É NA LOJA NETLAB Modelo: Indicado para determinações rápidas de viscosidade Disponibilidade: Imediata Referência: 5001


Por:
R$ 375,00 / cada

R$ 363,75 à vista com desconto Boleto - Yapay
ou 3x de R$ 125,00 Sem juros
 



Ficou com alguma duvida ou não encontrou o que precisa?

Contatoentre em contato

Indicado para determinações rápidas de viscosidade cinemática de diversos produtos como tintas, vernizes, resinas e outros líquidos com propriedades newtonianas.enlightened

 

3.1 - Ajuste de Temperatura
Ajustar a temperatura da amostra e do copo de escoamento a 25 ± 0,5 °C. 
Deve-se lembrar que a temperatura é parâmetro fundamental na análise viscosimétrica. 
A amostra é considerada pronta para ensaio imediatamente após a eliminação das bolhas de ar causadas pela agitação durante a operação.

3.2 - Preparação do copo de escoamento Com a Base (3) nivelada, encaixe o copo (02).

3.3 - Enchimento do copo
Com o Orifício cambiável (07) fechado (com auxilio do dedo) encher o copo com a amostra cuidadosamente de modo a evitar a formação de bolhas de ar. Se algumas
bolhas são formadas, deixe subir à superfície e as remova. Remover também o excesso de amostra, colocando a placa de vidro (01) sobre o copo (02), de modo que
nenhuma bolha de ar se forme entre o vidro e a superfície da amostra.
Quando remover a placa de vidro (01), o nível da amostra deverá coincidir com a borda do copo.

3.4 - Medida do tempo de escoamento
Colocar um recipiente adequado embaixo do copo de escoamento, de forma que a distância entre o orifício e a superfície do coletor não seja inferior a 100 mm. Remover o dedo do orifício e imediatamente iniciar a medida do tempo de escoamento. Tão logo a primeira quebra do filete de escoamento ocorra próximo do orifício, anote o tempo de escoamento, com precisão de 0,2 s. Se o ensaio não for executado em ambiente com temperatura controlada, colocar o termômetro no filete de escoamento. Neste caso, a diferença entre a temperatura inicial e a verificada no filete de escoamento não deverá ser superior a 0,5 °C.

3.5 - Precisão
3.5.1 - Segunda determinação Uma segunda determinação deverá ser executada usando uma outra porção da amostra originalmente preparada. Os resultados das duas determinações não
deverão variar mais que 2,0%. Caso contrário uma terceira determinação deverá ser executada.
3.5.2 - Reprodutibilidade Resultados de diferentes laboratórios não deverão ser considerados duvidosos a menos que difiram entre si em mais que 5,0%.

4 - Relatório de ensaio No relatório deverão constar as seguintes informações :
• O número desta norma;
• Tipo e identificação do material em ensaio;
• Indicação do copo de escoamento usado;
• Temperatura e ensaio com aproximação de 0,2 °C (pode ser utilizado termômetro com variação de 0,5 °C, mas deve ser especificado pelo analista);
• Tempo de escoamento reportado por um valor médio (dois resultados não diferentes entre si mais que 2,0%);
• Data do ensaio e laboratório que o realizou.

5 - Cuidados e controle do copo de escoamento
Limpe o copo imediatamente após o uso, usando o solvente adequado antes da amostra começar a secar. Não use ferramentas metálicas. Se o orifício estiver contaminado com depósitos secos, deverá ser amolecido com solventes adequados e limpo cuidadosamente com um pano macio, passando através do orifício. O copo deverá ser calibrado periodicamente com um óleo mineral padrão de viscosidade cinemática a uma determinada temperatura. Esta calibração é necessária para verificar se não houve alterações nas tolerâncias dimensionais.

6 - Tabela de conversão segundos-cSt
Visc(cup 1) = 0,49(t - 35,0);
Visc(cup 2) = 1,44(t - 18,0);
Visc(cup 3) = 2,31(t - 6,58);
Visc(cup 4) = 3,85(t - 4,49);
Visc(cup 5) = 12,1(t - 2,00)
Onde:
Visc(cupi) = viscosidade relativa ao orifício i em cst; t = tempo em segundos obtidos
na viscosidade cup ford; de cst para mPas .s temos:
[Visc(cst)] X [densidade(g/cm3) do fluído na dada temperatura] = Visc em (mPa.s)
Fonte : Standard Test Method for Viscosity by Ford Viscosity Cup - ASTM D1200

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características